Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

O cultivo da batata-doce

autor: Redação RuralNews
data: 04/06/2018

A batata-doce (Ipomoea batatas Lam.), é uma hortaliça muito comum e apreciada no Brasil, rica em açúcares e carboidratos. Existem muitas variedades, sendo que as mais consumidas e mais comuns no nosso País são as que apresentam a película externa rosa ou branca, com a polpa amarelada ou branca. É muito utilizada na fabricação de doces caseiros, além de serem consumidas cozidas e fritas.

É uma planta originária da América do Sul e que, por esta razão, prefere climas quentes, com temperaturas médias superiores a 20 ºC, tanto durante o dia quanto à noite. Apesar disso, temperaturas médias acima dos 30 ºC podem comprometer o desenvolvimento dos brotos. Temperaturas muito baixas, abaixo dos 12 ºC e ventos fortes, comprometem seriamente o desenvolvimento desta planta.

O desenvolvimento dessa cultura é melhor em solos arenosos ou argilo-arenosos, com pH entre 5 e 6. Necessita de chuvas ou irrigação regular. Entretanto, o solo não poderá ficar encharcado e, por esta razão, não deverá ser cultivada em solos com pouca drenagem. Apesar de ser pouco exigente quanto aos nutrientes do solo, é interessante que se faça uma adubação, antes do plantio.

O procedimento para a produção é o seguinte: primeiro, plantamos em viveiros batatas pequenas, que produzirão ramas para o plantio no local definitivo. Cada batata pode produzir, depois de 100 dias, cerca de 20 ramas, que poderão ser plantadas no local definitivo.

O plantio definitivo é realizado entre novembro e janeiro, nos estados do Sul, Sudeste e parte do Centro-Oeste. No Norte e Nordeste, devido às temperaturas mais elevadas, o plantio deve ser feito no início da época das chuvas ou durante todo o ano, desde que haja uma irrigação adequada, principalmente no início do desenvolvimento das plantas. O espaçamento mais indicado é de 30cm x 40cm, podendo ser bem maior, principalmente se o cultivo for direcionado para a produção industrial ou de forragens.

As pragas e doenças que mais atacam esta cultura são a larva de besouro e a broca-da-batata-doce. Além destas, temos ainda os pulgões, as lagartas-da-folhagem e besourinhos, entre outras. No entanto, estas não são consideradas como grandes problemas, por serem facilmente controladas.

Os tratos culturais são simples, consistindo principalmente em capinas regulares e irrigação, que deve ser feita em maior quantidade na fase inicial do desenvolvimento das ramas. A batata-doce é uma hortaliça tuberosa, com um caule rasteiro que chega até 3m de comprimento.

A colheita é realizada cerca de 110 dias após o plantio (no caso das variedades precoces) e cerca de 180 dias, no caso das variedades mais tardias. O sinal mais visível para sabermos se devemos realizar a colheita é quando a parte aérea da planta murcha e fica amarelada.

Em sua composição, encontramos as vitaminas A, B1, B2 e C, além de proteínas e minerais (ferro, cálcio e fósforo). O valor energético em cada 100g de batata doce cozida é de 97 calorias.
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb