Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

A importância da água para as cabras

autor: Redação RuralNews
data: 01/12/2017

 
A água é um elemento indispensável à vida. Podemos mencionar que uma cabra em lactação consome, em média, 5 a 6 litros de água por dia: quanto mais leite produz, maior é a quantidade de água que bebe. Também o calor influi na quantidade de água ingerida: quanto mais alta a temperatura, maior o volume de água consumida para suprir as perdas do organismo, exigindo maiores quantidades por unidade de peso vivo.

A água, portanto, desempenha no organismo uma série de funções, sendo o dissolvente indispensável dos alimentos, para que sejam digeridos e absorvidos, conserva a elasticidade dos órgãos e tecidos, regula a temperatura do corpo por meio da evaporação, transpiração, etc., transporta os princípios nutritivos resultantes da digestão e torna possível a eliminação dos produtos da desassimilação.

Por esses motivos, as cabras devem ingerir uma quantidade de água suficiente para satisfazer as suas necessidades. Quando recebem rações formadas por forragens verdes, há necessidade apenas de menores quantidades de água como suplemento, mas necessitam de doses maiores quando são alimentadas com produtos concentrados.

Principalmente para as fêmeas em gestação ou lactação e os animais em crescimento, deve ser dada água fresca, limpa e abundante, em bebedouros higiênicos. Uma cabra em plena produção leiteira exige uma quantidade suplementar de água. Apresentamos uma tabela com as exigências de água para diversas espécies de animais, para que possamos comparar com a quantidade ingerida pelas cabras.
 
Animal  / litros
Bois 30 a 50
Cavalos 20 a 30
Carneiros 2 a 3
Cabras 5 a 6
Suínos 5 a 6
Coelhos 0,1 a 1

Naturalmente, essas quantidades variam e podem ser alteradas também por febre, sal em excesso, etc., que fazem aumentar o consumo de água. Os animais que não recebem água em quantidades suficientes perdem o apetite, não absorvem nem assimilam completamente os alimentos, emagrecem e, portanto, perdem peso. Quanto mais elevada a temperatura ambiente, maior é a quantidade de água necessária para eles beberem, por serem maiores as suas perdas pela transpiração.

As necessidades de água dos caprinos estão relacionadas com o volume do seu corpo, temperatura e grau de umidade do ambiente, tipo de alimentação (aquosa ou seca), estado de saúde, raça, idade e sexo mas, principalmente, com o tipo de alimentação e as perdas de água do organismo através dos rins, pele e pulmão, causados por diversos fatores.

É preciso dar água fresca, limpa, potável e filtrada, pois quando está contaminada ou em más condições físico-químicas, pode servir de veículo para a transmissão de doenças orgânicas, infecciosas ou parasitárias. O teor de água varia muito em cada alimento. Os tubérculos e raízes têm até 90% de água, as palhas, fenos e sementes oleaginosas, de 5 a 10%.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb