Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Como aumentar a produtividade e os lucros de um empreendimento rural

autor: Redação RuralNews
data: 29/04/2016

Uma empresa rural, ou empreendimento, deve ser levado à sério e conduzido, sempre, com as melhores técnicas e com a melhor habilidade possível. É claro que cada empreendedor rural possui disponibilidades específicas, as quais podem ser fatores limitantes para o desenvolvimento do negócio. Entre os fatores que podem limitar ou impulsionar o negócio, podemos citar:

- disponibilidade de recursos para investimentos;

- recursos para capital de giro;

- infra-estrutura adequada para o empreendimento;

- conhecimento técnico;

- uma propriedade rural adequada ao projeto agropecuário e

- preparo administrativo e comercial.

É claro, que estes fatores não estão disponíveis para todos os produtores rurais, portanto estes devem ter a capacidade de saber aproveitar todos os recursos que estiverem disponíveis para desenvolver a sua atividade, da melhor maneira possível.

Cada um dos fatores acima citados devem ser avaliados, de maneira geral e específica. Vamos, aqui, fazer uma simulação para que o produtor possa analisar o seu próprio negócio e tire as suas conclusões de como aproveitar melhor os seus recursos.

 
Disponibilidade recursos para investimentos

Primeiro, o empresário rural deve se perguntar, levando em consideração que este é o capital necessário para iniciar a produção (por exemplo, quanto custa para preparar a terra e para semear toda a lavoura, além dos custos de infra-estrutura inicial):

- Quanto eu disponho para investir no negócio?

- Este capital é próprio ou é dinheiro emprestado?

- Se for capital de terceiros, como deverá ser pago?

 
Recursos para capital de giro

Estes são os recursos financeiros que o produtor rural precisa para manter a lavoura ou criação, até que esta possa dar retorno, além dos recursos necessários para a sua própria sobrevivência, durante este período. As perguntas a serem feitas são:

- Quanto tempo o meu empreendimento leva para gerar receita?

- Qual é o custo mensal de manutenção do negócio (funcionários, insumos, manutenção, etc.)?

- Qual é o meu custo, para que eu possa manter minha família, num determinado padrão de vida?

 
Infra-estrutura adequada para o empreendimento

Para tal, o empresário do campo deve se perguntar:

- Que tipo de mão-de-obra eu necessito e quantas pessoas?

- Quais máquinas e implementos serão utilizados?

- Que tipo de instalações serão necessárias?

- Que tipo de infra-estrutura administrativa e comercial será utilizada?

 
Conhecimento técnico

O conhecimento técnico compreende a prática em lidar com uma determinada atividade e os conhecimentos científicos envolvidos nesta atividade. Para isso, o produtor deve se perguntar:

- Já tenho prática suficiente nesta atividade de produção?

- Domino inteiramente os conhecimentos técnicos e científicos necessários?
 
Propriedade rural adequada ao projeto agropecuário

Dependendo do tipo de produção a ser empreendida, o produtor deverá se perguntar:

- A topografia, tipo de solo, clima e localização da propriedade são adequadas ao tipo de empreendimento que tenho ou desejo iniciar?

- Quais os tipos de negócios agropecuários podem ser desenvolvidos, tirando-se as maiores vantagens das características da minha propriedade?
 
Preparo administrativo e comercial

O preparo administrativo e comercial compreendem a capacidade de administrar a produção e comercializá-la. Para isso, o produtor deverá se perguntar:

- Possuo capacidade administrativa adequada para conduzir o negócio da melhor maneira possível?

- Conheço todo o processo e os canais de comercialização mais indicados para o escoamento da produção?
 
 
Conclusões

Após uma auto-análise, como a sugerida acima, o produtor rural deverá, com critério e seriedade, determinar quais das necessidades que ele próprio poderá suprir e quais deverão ou poderão ser supridas com auxílio de terceiros. Por exemplo, em caso de falta de recursos financeiros, seja para investimentos ou capital de giro, um financiamento ou crédito agrícola podem ser a solução. No caso de falta de conhecimento técnico em alguma área, a contratação de funcionários, consultores técnicos ou mesmo o auxílio de técnicos das cooperativas ou associações poderão solucionar muitos problemas.

De qualquer forma, o empresário rural deverá agir com bom senso, nunca dando "passos maiores que as próprias pernas" e nunca superestimar as suas próprias capacidades. Quando as necessidades do empreendimento não puderem ser supridas pelo próprio produtor, nem com capital ou auxílio de terceiros, o negócio deve ser repensado ou adequado à realidade do produtor. 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb