Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Arroz irrigado

autor: Redação RuralNews
data: 15/11/2017

 
Esse tipo de cultura é bastante utilizado em muitas regiões do Brasil. O clima para a sua plantação é o mesmo que para o arroz de sequeiro. O solo deve ser rico em matéria orgânica ou bem adubado com esterco ou composto. É preciso que o solo seja bem nivelado para que a lâmina da água seja a mais uniforme possível.

Quando os tabuleiros ficam sem água, o seu solo deve receber os mesmos cuidados dispensado para o arroz de sequeiro. Quando o solo permanece úmido, podemos usar enxadas rotativas e material para fazer o nivelamento e compactação do terreno, evitando maiores perdas de água. Dessa maneira forma-se, sobre o solo, uma camada de lodo que facilita o plantio das sementes germinadas ou o transplante de mudas.

No terreno seco, o plantio é como no de sequeiro. De 25 a 30 dias após o plantio, é feita a irrigação, sendo mantida uma lâmina da água bem fina e que deve ser aumentada de acordo com o crescimento do arroz.

Outra técnica de plantar é no terreno lodoso, sendo a semeadura feita a lanço sobre o terreno com uma fina camada de água. Após 15 dias, já podemos soltar a água no tabuleiro, durante alguns dias, o que combaterá as ervas daninhas.

Fazer sementeiras e depois o transplante das mudas é um método eficiente mas muito caro, sendo anti-econômico.

Plantio

Quando semeamos diretamente no lugar definitivo, são necessários 75 a 100kg de sementes por hectare, com espaçamento de 20 a 30cm; quando a lanço, devemos usar espaçamento de 20 a 30cm entre as linhas e de 10 a 20cm entre as covas com 2 a 4 mudas.

As épocas para o plantio variam um pouco, indo de agosto a janeiro, mas a força é de setembro a outubro. As ervas daninhas ou matos são controlados pela inundação dos tabuleiros, desde o início da plantação. Quanto à adubação, o elemento que deve ser reposto é o nitrogênio, nas quantidades de 40 a 100kg por hectare, conforme o porte ou variedade do arroz.

Colheita

Normalmente é manual. O arroz é depois trilhado e abanado para ser armazenado. É aconselhável secá-lo até que contenha só 12 a 14 por cento de umidade.
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb