Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Proteção das mudas de café contra as geadas

autor: Redação RuralNews
data: 27/05/2018

Um novo método para proteger as mudas de café, contra as geadas, é muito prático, simples, barato e o que é mais importante: eficiente, apresentando ótimos resultados, como já está comprovado. Trata-se do emprego de saquinhos de papel, utilizados, principalmente em padarias, para embalar os pães comprados nos balcões.

Estes saquinhos são usados para cobrir, protegendo das geadas as mudas de café com até um ano de idade e que, em geral, têm de 30 a 40cm de altura. Devemos, para isso:

1- usar um saquinho de papel kraft ou semi-kraft de 7,5 ou 10kg, se acordo com a necessidade;

2- fazer 4 furos de 1cm de diâmetro nos 2 lados do saquinho, para o arejamento do seu interior, o que é benéfico para a planta;

3- fazer dois rasgos pequenos, na boca do saco, para que a sua beirada possa ser enterrada com maior facilidade, ficando firme e evitando que ele seja levado pelo vento.

4- Para evitar que a muda seja queimada pela geada, devemos fazer a sua cobertura na primeira semana do mês de maio e retirá-la na primeira semana do mês de agosto.

O pé de café pode ficar coberto, dessa maneira, por até 90 dias, sem nenhum problema. Não há dúvida de que esse método dos saquinhos pode diminuir os prejuízos. Devemos mencionar, também, que eles não se desmancham, quando há uma chuva fraca.

Outras maneiras de proteção

Outros métodos para proteger as plantas, contra as geadas, são:

1- como as plantinhas, quando atingem 40cm de altura, ainda são bem flexíveis, podem ser dobradas e cobertas com terra, durante 60 dias, sem nenhum problema;

2- fazer uma limpeza rigorosa para elas ficarem expostas ao sol e bem aquecidas, armazenando calor, o que pode evitar que sejam queimadas pela geada;

3- pulverizar as plantas com cloreto de potássio e a cal, ou com outros sais, o que deve, porém, ser feito com bastante antecedência, em relação à época das geadas.

Para melhor proteger a planta, podemos fincar uma haste de madeira ou uma estaca de bambu, cuja ponta fique 5 a 10cm mais alta do que a planta, para que nela se apóie o saco, evitando que faça pressão sobre ela, prejudicando-a. Não é, porém, aconselhável o emprego desses sacos protetores nas regiões em que existe o bicho-mineiro, pois ele é uma praga, uma lagarta que ataca as plantas jovens, derrubando as suas folhas, prejudicando o seu desenvolvimento. Esses sacos tornam-se, para essa praga, um verdadeiro microclima ou uma verdadeira estufa. Quando isso ocorre, e somente neste caso, é necessária uma pulverização preventiva, antes de cobrir as plantas com o saquinho. Nos lugares em que o bicho-mineiro não existe, normalmente, não há necessidade de pulverizações preventivas.

Para empregar a cobertura com os saquinhos, é necessário que o terreno seja mantido sempre limpo. Quando for retirar os saquinhos que protegem a planta, o produtor deve fazer uma boa limpeza do terreno, capinando-o fazendo as pulverizações necessárias, adubação foliar, etc.

A colocação dos saquinhos pode apresentar, no entanto, um problema: é feita de maio a agosto, justamente a época da colheita, em que a mão-de-obra é, muitas vezes, bastante escassa.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb