Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Aproveite melhor suas vacas leiteiras

autor: Dr. Márcio Infante Vieira
data: 22/08/2017

De um modo geral, no Brasil, os rebanhos leiteiros não são explorados convenientemente. Por isso sua produção média é relativamente pequena.

Apresentamos a seguir algumas práticas de fácil aplicação, mas de resultados rápidos e seguros para o aumento da produção leiteira.

Para que seja aumentada a produção de leite, com o mesmo gado, a mesma alimentação e as mesmas instalações, basta que sejam adotados, entre outros, alguns procedimentos de seleção, limpeza e higiene do rebanho.

A primeira providência a ser tomada é a retirada de vacas doentes, defeituosas, velhas e de pouco leite, pois só dão prejuízos. Devem ser removidas do pasto em que se encontram os melhores animais. Normalmente, vacas de "peitos perdidos", aleijadas ou "cocoteiras" são vendidas para o corte. São consideradas vacas de pouco leite as que dão uma quantidade abaixo da média do curral ou estábulo.

A retirada das vacas doentes, defeituosas, velhas e más leiteiras, em vez de diminuir, aumenta a produção do rebanho porque:

- O pasto melhora, há mais brotação, mais capim novo à disposição das vacas.


- Menor número de animais facilita a limpeza e permite melhor aproveitamento das instalações.


- Um número menor de vacas podem ser tratadas com mais atenção e calma pelos retireiros.


- Vacas mais cuidadas produzem mais leite.

Limpeza dos animais

As vacas que forem conservadas, devem ser bem tratadas, livres de carrapatos, bernes, bicheiras e vermes. Esses parasitas causam grandes transtornos aos animais, fazendo com que diminuam de produção.

Para combate os carrapatos, há bons carrapaticidas no mercado, tanto para serem aplicados em banhos, como em aspersões com bombas manuais ou motorizadas.

O berne, isto é, a larva da mosca chamada berneira, quando no corpo do animal, pode ser combatida das seguintes maneiras:

- Retirada à mão, quando são poucos os animais a serem tratados.


- Pela aplicação de líquidos ou pomadas adquiridos no comércio ou preparados na própria fazenda, em geral com óleo e tabaco.


- Com bernicidas sistêmicos, que são produtos que, embora aplicados em uma pequena parte do corpo, são absorvidos e, espalhando-se pela pele matam todos os bernes do animal.

As "bicheiras" são formadas pelas larvas de algumas moscas que, em geral, colocam os ovos nos ferimentos ou machucados do animal, de onde saem os "bichos".

Para matar as "bicheiras" podem ser usados bons produtos comerciais, além de alguns simples e eficientes "remédios" caseiros.

Quanto aos vermes, são combatidos, principalmente, com o uso de vermífugos, além de medidas de higiene.

Animais livres de parasitas ficam mais calmos, se alimentam melhor e, conseqüentemente, produzem mais.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb