Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Como obter bons resultados com a reprodução dos suínos.

autor: Redação RuralNews
data: 05/05/2016

Idade

O porco só deve entrar em reprodução quando atinge l0 a 12 meses de idade e está com um bom desenvolvimento.

Cio

É o período em que as porcas ficam excitadas e que recebem o macho para a fecundação. Dura, em geral, de 24 a 48 horas e reaparece l8 a 20 dias depois, quando a porca não é fecundada. O cio reaparece, normalmente, 2 a 3 meses após o parto ou mesmo 2 a 3 dias depois dele, podendo a porca entrar novamente em gestação, nesse período.

Cobertura

Pode ser feita com o casal solto, livre em uma pocilga ou então, em um tronco para cobertura.

Gestação

É, normalmente, de ll5 a 120 dias, ou seja, 3 meses, 3 semanas e 3 dias, embora possa ser de 96 a l32 dias. Nesse período, as gestantes devem receber , diariamente, uma boa alimentação e sais minerais. Nessa fase, as porcas não devem engordar muito, para evitar que o parto se torne difícil.

Parto

Pode ocorrer em qualquer época do ano. Para os trabalhos de parto, as porcas devem receber os melhores cuidados de higiene, sendo mantidas em instalações adequadas, limpas e desinfetadas, para evitar infecções na porca e nos filhotes. Nos períodos ou dias frios, os bacorinhos devem ser protegidos das baixas temperaturas, em ambientes fechados ou até mesmo, com aquecimento artificial.

Quando vai chegando o dia da parição, a porca deve ser colocada, separada, em uma pocilga especial, a maternidade, mantida sempre limpa, com toda a higiene possível.

Durante os trabalhos de parto, a gestante deve ser assistida por uma pessoa, que só intervirá se necessário, quando houver algum problema para o nascimento do filhote. Quando, terminado o parto e a placenta não for eliminada, ela deve ser extraída, para evitar problemas graves como infecções e febres. Logo após o seu nascimento, devemos desinfetar os umbigos dos filhotes.

Número de filhotes

As ninhadas podem ser grandes, com mais de 12 filhotes, mas só devem ser deixados com a porca, de 6 a 8 leitões, no máximo, sendo os excedentes passados para outras porcas. Durante o período de amamentação, as porcas devem ser bem alimentadas, para que produzam bastante leite.

Os filhotes nascem com quatro dentes em cada maxilar. Como esses dentes, embora pequenos, machucam as tetas da porca, quando eles mamam, devem ser aparados, para que não provoquem ferimentos e dores nessas regiões.

Peso dos leitões

Ao nascer, os leitões podem pesar, em média,de 700 a 1.300 gramas ou até mais, de acordo com a sua raça.

Porcas que comem os filhotes

É um vício denominado canibalismo. Quando uma porca, após o parto, come todos os filhotes recém-nascidos, ou parte deles, isso pode haver sido provocado por um problema ocasional. e ela deve ter oportunidade para ter uma nova ninhada. Quando, no entanto, esse fato se repetir em uma outra ninhada, a porca deve ser eliminada da reprodução, porque se trata, realmente de um vício, o canibalismo, causado por fatores psicológicos . Outras, porém, podem ser as causas desse vício: falta de alimentos, alimentação defeituosa, não retirada da placenta, do local do parto, etc.

A presença de um acompanhante, durante os trabalhos de parto, é a melhor maneira para auxiliar a porca , se necessário , e para cuidar dos leitões recém-nascido.

Aleitamento dos leitões

O mais indicado, por ser o melhor, é o aleitamento natural, feito pela porca. Os leitões podem receber também, aleitamento artificial, quando a porca não produz leite suficiente ou morre depois do parto.

Desmama

Deve ser realizada quando os leitões atingem 6 a 8 semanas de idade e ocorre naturalmente.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb