Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Nutrição das aves

autor: Redação Rural News
data: 28/04/2016

Há alguns anos, as aves eram criadas e alimentadas de maneira empírica, sem nenhuma metodologia que pudesse levar a um aumento de produção e produtividade. Nos quintais, sítios e fazendas, por exemplo, elas eram mantidas soltas, recebendo apenas uma porção de milho na parte da manhã, passando o resto do dia soltas, ciscando e procurando outros alimentos, como pequenos animais, vegetais, etc. Além disso, as galinhas chocavam os seus ovos e criavam os seus próprios pintinhos.

Com o advento da avicultura, ou seja, da criação racional de aves, com objetivos comerciais para a obtenção de lucros, os métodos de criação foram sendo aperfeiçoados. Atualmente, com o desenvolvimento das técnicas de criação, alimentação e instalações, a avicultura pode ser explorada adequadamente, com ótimos resultados, durante todo o ano, independente das estações e das condições climáticas o que, por exemplo, eram um grande problema no passado.

Entre os fatores mais importantes que permitiram a criação de aves em larga escala, temos a técnica desenvolvida para a sua alimentação em confinamento total, inclusive a introdução do farelo de soja na sua alimentação. Temos, também, as técnicas e procedimentos que permitem que as aves criadas em confinamento se desenvolvam bem mesmo sem que sejam expostas ao sol, mas permitindo que desenvolvam todas as suas atividades fisiológicas necessárias para nascerem, crescerem, se desenvolverem e entrarem em reprodução o mais cedo possível, para a produção de carne ou de ovos.

Composição das rações

As rações para as aves devem satisfazer às suas necessidades fisiológicas básicas e totais. Para isso, precisam ser as mais completas possível, sendo compostas por proteínas, sais minerais, gorduras, vitaminas e por outros elementos nutricionais, para evitar que os animais, mal alimentados, sofram carência desses elementos e, consequentemente, desenvolvam doenças ou apresentam uma má formação.

Uma alimentação deficiente em quantidade ou em sua composição pode provocar uma série de problemas, mais ou menos graves, na reprodução das aves, em todas as suas fases, postura dos ovos, incubação, eclosão, nascimento das aves, seu crescimento e desenvolvimento. Afetam a sua saúde, produção e reprodução, o que concorre para a diminuição dos lucros do produtor.

As rações especiais para os diversos tipos de criação podem ser adquiridas já prontas, no comércio especializado, ou então podem ser produzidas pelo próprio criador, desde que esta produção possa tornar possível a redução nos custos de produção das aves.

As rações devem prover às aves a energia necessária para a vida e uma produção adequada, seja de ovos ou de carne. Desta forma, em uma ração, todos os seus componentes, exceto os sais minerais, possuem um certo grau de energia que pode ser convertido em energia metabolizável ou energia produtiva. Quando é deficiente em energia, a ração pode causar sérios prejuízos, pois prejudica o crescimento e desenvolvimento das aves, além de diminuir a produção de carne e de ovos. As principais fontes de energia em uma ração são os amidos e açúcares (carboidratos). Como fontes de carboidratos, temos a farinha de peixe, farinha de carne, farelo de soja, gordura animal, sorgo, óleos vegetais, etc.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb