Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Emas - características e criação

autor: Redação RuralNews
data: 13/04/2016

As emas são aves que, apesar de não voarem, apresentam características muito importantes para que sua criação seja desenvolvida com fins lucrativos. Ela produz uma carne nutritiva, com baixo teor de colesterol e pouca gordura, além de seus ovos e suas plumas, que podem ser aproveitadas quando essas aves atingem cerca de 10 meses.

São animais dóceis e podem, até mesmo, ser consideradas e utilizadas como animais de estimação, pois seguem e se apegam a seus donos assim como um cão.

A comparação mais imediata que fazemos ao pensarmos nas emas é com seu "parente", o avestruz. A ema (Rhea Americana) é uma ave nativa da América do Sul, sendo a maior ave desta região. O avestruz (Struthio camelus) é nativa do continente africano e, devido à grande semelhança genética e morfológica, supõe-se que tenham uma origem comum, de tempos pré-históricos, quando ainda não havia acontecido a separação entre a África e América do Sul.

Essas duas aves diferem principalmente no porte, pois enquanto um avestruz apresenta 2,50m de altura, a ema chega a 1,50. Com isso, o peso das duas aves difere bastante pois um avestruz pesa cerca de 150kg, enquanto a ema pesa 40kg.. Além dessas diferenças de tamanho, existem muitas outras, como a cor da plumagem e o número de dedos (a ema tem três dedos e o avestruz dois), entre outras.

A ema produz cerca de 12kg de carne muito saudável e saborosa, pouco calórica e com baixos teores de colesterol. O sabor de sua carne (a ema produz carne vermelha) é considerada levemente adocicada, se comparada à carne bovina.

As emas são animais bastante rústicos, resistentes às adversidades climáticas, podendo se criadas em qualquer região do Brasil, desde o Sul, com seu inverno rigoroso, até a região Nordeste, com suas temperaturas escaldantes.

O período de acasalamento das emas ocorre de acordo com as variações climáticas regionais. No Brasil, na região Sul, o período da acasalamento acontece no início da primavera, fazendo com que as posturas sejam feitas até janeiro. Isso acontece na natureza pois, em cativeiro, o período de postura pode ser estendido por mais 60.

A postura acontece cerca de 25 dias após o acasalamento e a fêmea coloca um ova a cada 2 ou 3 dias. O período de incubação dos ovos de emas é de 38 dias, podendo variar de acordo com a temperatura ambiente. Em caso de temperaturas mais elevadas, este período fica menor e em temperaturas mais frias, há um retardamento na eclosão. Quando se utiliza incubadoras artificiais, os ovos eclodem em cerca de 40 dias, desde que as condições programadas neste aparelho sejam as mais indicadas.

O abate desse animais é feito quando atingem o peso de 25 a 30kg, o que ocorre entre 12 a 15 meses de idade. Após os 3 meses de vida, os filhotes já podem ser colocados nas instalações de engorda, para que iniciem o ganho de peso, até atingirem as condições ideais para o abate.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb