Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Contaminação dos Ovos

autor: Redação Rural News
data: 25/04/2016

Os ovos podem ser contaminados depois de postos ou mesmo ainda antes da postura, dentro do oviduto da ave. A sua contaminação pode se dar por gostos, cheiros, germes ou mesmo vermes. 

Quanto ao perigo da contaminação por germes, através dos poros da casca, basta citar que, em 1 grama de casca, são encontrados de 400 a 1.600.000 germes.

Higiene nos ninhos e camas secas, evitar que os ovos sujem ou limpá-los com pano úmido, assistência veterinária nos aviários e depois uma rigorosa higiene na embalagem e na manipulação dos ovos em fábricas de alimentos, evitando que sejam trabalhados por pessoas doentes, principalmente por portadores da bacilos tíficos, são as medidas exigidas para afastar o perigo da transmissão de doenças através dos ovos.

É preciso evitar, também, que fiquem em locais em que se encontrem substâncias que lhes possam transmitir gosto ou cheiro desagradáveis ou mesmo que os contaminem por agentes causadores de doenças (bactérias, etc.).

Outro perigo de contaminação de ovos, tornando-os perigosos para a alimentação, reside em fornecer às poedeiras alimentos estragados ou fermentados, principalmente carnes, peixes ou resíduos alimentares.

Carnes, grãos, peixes, forragens, moluscos, crustáceos, sangue fresco ou seco deteriorados, produzem gosto desagradável nos ovos. Quando em quantidade, também as tortas oleagiosas, óleo de fígado de bacalhau ou cação ou farinha de peixe, podem transmitir-lhes mal gosto, enquanto que as forragens rançosas lhes dão mal cheiro.

Antes da postura, antes de receberem a camada calcária da casca e ainda dentro do oviduto da ave, os ovos podem ser contaminados por germes que, por meio dele, causam doenças, tanto às aves quanto ao homem.

Os ovos são mesmo um ótimo meio de cultura de bactérias e vírus. Por isso, não devem ser conservados, claras ou gemas, durante dias, mesmo em geladeiras, pois há o perigo de neles se desenvolverem perigosas bactérias.

É sempre citado o caso de uma epidemia de gastro-enterite causada por bacilos paratíficos existentes em ovos de pata que foram contaminados ainda dentro do oviduto.

Os ovos contaminados não só têm a sua composição alterada, como se deterioram mais rápido e totalmente.

Há casos de contaminação por vermes que, descendo para a cloaca, penetram pelo oviduto, indo infestar o ovo ainda em formação.

É aconselhável que sejam utilizados somente ovos bem cozidos, quando de origem desconhecida, levando-se em conta que tanto os ovos férteis (galados) quanto os inférteis (sem gala) podem estar contaminados.

Pelo que foi exposto, fica bem claro que qualquer ovo pode ser contaminado antes ou depois da postura e que isso ocasiona alterações no seu conteúdo, sua rápida deterioração ou o transforma em um transmissor de doenças ou vermes.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb