Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Criação de Aves - Atividade Lucrativa

autor: Redação RuralNews
data: 08/01/2014

 
A avicultura representa, atualmente, uma das maiores atividades agropecuárias por ser uma das que propiciam maiores lucros. Além disso, o maior custo da carne bovina sempre foi um fator importante para aumentar a atratividade da carne de aves, principalmente da carne de frango. A carne de frango é sempre o substituto imediato da carne bovina, devido ao seu custo menor, mas, também, por apresentar algumas características que tornam seu consumo mais indicado como, por exemplo, ser uma carne mais saudável e que engorda menos.

A carne das aves é uma das que apresenta maiores e melhores vantagens para a alimentação humana. É produzida em escala industrial, em todo o mundo, inclusive no Brasil, que possui uma das maiores produções do planeta e, ainda, apresenta um potencial para expandir essa produção, várias vezes. A produção brasileira é destinada tanto ao consumo interno quanto às exportações, principalmente para os países da comunidade européia. A produção de frangos de corte é a maior atividade da avicultura brasileira.

Reunir algumas fêmeas e machos e soltá-los nos quintais ou terreiros, deixando-os se reproduzirem, como ocorre em geral nos sítios, e fazendas, não é realmente praticar a avicultura. Para isso, é necessário que sejam reunidos machos e fêmeas selecionados, para que haja maior produtividade e para a obtenção de aves de elevado padrão, que produzam bons lucros. Além disso, a avicultura, por definição, é a criação racional de aves, ou seja, uma série de técnicas e procedimentos devem estar associados à criação para que esta seja, de fato, racional e com alta produtividade.

Idade para a reprodução

Quando as aves entram em reprodução muito cedo, podem ter prejudicados o seu desenvolvimento e a sua produção. No entanto, quanto mais tarde é iniciada a reprodução, maiores são os gastos do avicultor, com a sua manutenção, o que diminui os seus lucros. Por esse motivo damos, a seguir, as idades mais indicadas para cada ave iniciar a reprodução.

Galinha: 5 a 7 meses
Peru-macho: 2 a 3 anos
Peru-fêmea: 1
Faisão-macho: 2 a 6 anos
Faisão-fêmea: 1 ano
Marreco: 6 meses em diante
Patos: 7 meses em diante
Ganso: 2 anos em diante
Cisne: 2 anos em diante

 
Número de fêmeas para cada macho

O número de machos é muito importante em um plantel pois, se houver machos demais, as despesas aumentam, sem necessidade, e os lucros diminuem. Além disso, as fêmeas são muito incomodadas, o que as prejudica.

Quando o número de machos é menor do que o necessário, a quantidade de ovos claros ou inférteis é grande, trazendo sérios prejuízos ao avicultor pela baixa porcentagem de eclosão.

Nos lotes para a produção de ovos para consumo, não há necessidade de machos, pois as aves põem ovos, embora estéreis, mesmo sem serem acasaladas, o que é até melhor, pois eles se conservam melhor.

Damos a seguir uma tabela sobre o número de fêmeas para cada macho, nas diversas espécies de aves domésticas:

Galo ? raças leves: 10 a 12 fêmeas
Galo ? raças pesadas: 8 a 10 fêmeas
Peru: 8 a 15 fêmeas
Faisão: 6 a 8 fêmeas
Marreco: 6 a 8 fêmeas
Pato: 6 fêmeas
Ganso: 4 fêmeas
Cisne: 1 fêmea

 
Período de aproveitamento dos reprodutores

As aves podem procriar por um período, as vezes longo. É aconselhável, no entanto, que só sejam aproveitados as seus produtos até que elas atinjam certa idade. Além disso, depois de certo tempo sua produção baixa muito, tornando-se antieconômico. Por esse motivo, as aves devem ser mantidas, em reprodução, somente até as idades apresentadas, a seguir:

Galinha: 1, 2 ou 3 posturas, no máximo, dependendo da raça
Peru: 4 anos
Faisão: vários anos
Marreco: 1 postura (da raça Pequim)
Pato: vários anos
Ganso: vários anos
Cisne: vários anos

Quando indicamos "vários anos", significa que as aves devem ser mantidas em reprodução enquanto seus filhos nascerem fortes e sadios.

Número de ovos por ano

O ovo tem grande importância na avicultura, não só por ser fonte de lucros para o avicultor mas, e principalmente, por ser através dele que as aves se reproduzem.

Cada espécie, e mesmo raça, produz uma quantidade deferente de ovos, como verificamos nos dados, a seguir:

Galinha crioula: 80
Galinha de raça: 120 a 365
Perua: 30 a 60
Faisão: 10 a 40
Marreca (Pekim): 120
Pata: 60 a 100
Gansa: 30 a 60
Cisne: 5 a 8

 
Período de incubação

Para que os filhotes nasçam, é necessário que os ovos sejam incubados durante um certo número de dias, que varia de acordo com a ave. Além disso, é preciso um certo grau de temperatura e uma determinada umidade.

Os dados a seguir, são referentes ao período de incubação dos ovos de cada espécie de ave:

Galinha: 21 dias
Perus: 28 dias
Faisão: 24 a 29 dias, variando de acordo com a espécie
Marreca: 28 a 30 dias
Pata: 30 dias
Gansa: 28 a 31 dias
Cisne: 28 a 30 dias

A avicultura é uma das mais lucrativas atividades criatórias, desde que baseada em:

- bons reprodutores;

- boas instalações;

- boa alimentação e

- bom manejo.
 
 
 
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

ilustracao do produto DVD : Inseminação Artificial em Caprinos e Ovinos
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre
ilustracao do produto DVD : Equipamentos de Proteção Individual para o Manejo Seguro de Agrotóxicos (E.P.I)
R$ 103.00
em até 4x sem juros
botao compre

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb