Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Alimentação dos coelhos

autor: Dr. Márcio Infante Vieira
data: 01/04/2016

O coelho é um animal herbívoro, sendo um grande consumidor de celulose, aproveitando mais de 80% da existente nas forragens. Portanto, os alimentos que entram em na dieta desses animais se baseiam principalmente em forragens e grãos embora, sob determinadas condições de sua exploração, sejam necessários cuidados especiais e imprescindível adicionar alimentos de origem animal, para equilibrar as rações, tornando-as mais indicadas para o crescimento, produções, crias, etc., pela inclusão dos elementos mais indicados para essas especializações.

A alimentação dos coelhos em criações caseiras, não oferece os mesmos problemas que o arraçoamento nas criações industriais, comerciais ou em grande escala. Nas criações caseiras, sua alimentação é feita à base de forragens, restos de horta, de podas de árvores e outras plantas.

Os coelhos de raça são animais selecionados para alta produção e necessitam de uma alimentação adequada, para que deles seja obtida maior produtividade.

O desenvolvimento dos coelhos é precoce e são animais de rápido crescimento, entre outros motivos, devido à composição química do leite da coelha, que é muito rico em proteínas e sais minerais. Sua desmama requer uma ração de relação nutritiva estreita, que pode ampliar-se à medida que o animal vai se aproximando da idade adulta.

Proporcionalmente a seu peso e tamanho, o coelho consome e aproveita muito mais os alimentos do que os bovinos, que seguem um regime de alimentação herbáceo muito parecido.

Charon cita o caso de um boi de 800kg de peso que consome, diariamente, 50kg de forragens (ervas) e que engorda 1,5kg por dia. Com 400 coelhos de 2kg cada um, num total de 800kg, com um consumo de 280kg diários de ervas (700g por cabeça), cada um engorda 25g diárias, dando um total de 10kg diários, o que representa 6 vezes mais ganho de peso do que o bovino.

Verificando a quantidade de ração consumida pelo boi e pelos coelhos e o ganho de peso alcançado, podemos verificar que o potencial de ganho de peso dos coelhos é maior do que o do boi, embora a mão-de-obra, os cuidados e o volume de ração sejam maiores que para o boi em questão. Apesar disso, com a produção das peles e pêlos que os 400 coelhos fornecem, a diferença de custo, manutenção, etc. é facilmente coberta e com vantagens.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb