Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Piscicultura - atividade produtiva e lucrativa

autor: Redação RuralNews
data: 12/04/2016

A criação de peixes, ou piscicultura, é uma atividade pecuária e zootécnica das mais antigas, pois já era praticada por povos milenares, como os chineses, bem antes de Cristo. Existem muitos relatos de que os povos do antigo Egito já desenvolviam criações de peixes desde o ano de 2.500 A.C.. No Brasil, a prática comercial da piscicultura só ocorreu no início do século XX e vêm se desenvolvendo, cada vez mais, com o aumento da produção nacional, qualidade e produtividade. 

A piscicultura é uma das atividades pecuárias em maior expansão, atualmente, no Brasil. Nos últimos anos, houve um grande aumento no negócio conhecido como "pesque-pague", que nada mais são do que criatórios abertos ao público, para que possam pescar e se divertir, livremente, sem interferir com o equilíbrio natural em lagos, rios e represas. Além disso, com o aumento do consumo, os peixes produzidos são vendidos no mercado de varejo com grande facilidade.

Outro aspecto muito atraente na piscicultura é o fato de haver uma grande demanda reprimida para o consumo de peixes no Brasil. Para termos uma ideia, em geral, em ocasiões como feriados religiosos, nos quais o consumo de peixe é muito maior, o País costuma importar esse produto, pois a produção nacional não é suficiente, nem mesmo se levarmos em conta os peixes obtidos pela indústria de pesca marinha.

A piscicultura é uma atividade econômica que demanda um investimento consistente, mas não muito elevado, de acordo com a produção a ser atingida e o tipo de peixes a serem criados. É um negócio com um bom giro de capital, o que facilita a recuperação dos recursos investidos e promove uma rentabilidade muito superior aos investimentos financeiros ou outras atividades produtivas.

Para que o piscicultor possa atingir seus objetivos de produção, produtividade e lucratividade, deve estar totalmente preparado ou devidamente assessorado para empreender esse negócio. A chamada piscicultura intensiva, ou seja, desenvolvida em tanques ou lagos nos quais o produtor possa ter total controle da criação, deve ser praticada com rígidas normas zootécnicas e com a constante supervisão de técnicos especializados.

Muitos são os fatores que levam ao sucesso da criação, dentre os quais podemos citar:

- a escolha do local adequado, de acordo com os peixes que lá serão criados;

- a correta escolha das espécies a serem criadas;

- a construção das instalações adequadas (tanques, e instalações em geral);

- fornecimento de ração alimentar adequada, para que haja uma boa conversão desses alimentos em peso efetivo, nos peixes;

- higiene e controle de doenças;

- captação e tratamento da água;

- condições adequadas para preparar e transportar a produção;

- canais eficientes de comercialização.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb