Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Camarão gigante da Malásia

autor: Redação RuralNews
data: 10/05/2015

A criação intensiva ou racional de camarões de água doce é uma atividade pecuária relativamente recente em todo o mundo. No caso do camarão gigante da Malásia, o Macrobrachium rosembergii, iniciou-se, principalmente na Índia e Bangladesh, com a captura de poslarvas e de camarões jovens, que eram estocados em viveiros e depois de adultos, vendidos ou consumidos. Atualmente, isso ainda é relativamente comum no Brasil, com a captura de nossas espécies nativas como, por exemplo, o Macrobrachium Carcinus, a conhecida lagosta de São Fidelis e o Macrobrachium amazonicum, o camarão canela, embora esse último já esteja sendo criado, em larga escala, nos açudes do Nordeste brasileiro, já se havendo tornado uma grande fonte de alimentação para aquela região.

Somente em 1959 é que foram iniciados os primeiros estudos e pesquisas sobre o desenvolvimento larval do camarão gigante, o que ocorreu em Penag, na Malásia. Em 1961, foi conseguida, pela primeira vez, a criação desse camarão, desde a fase larval até a fase adulta. Em 1965, o camarão gigante foi levado da Malásia para o Havaí, sendo aí desenvolvida uma técnica para a produção de poslarvas, em grande escala. Com isso, abriu-se as portas para a criação e a produção industrial desse tipo de camarão, tornando-o uma fonte de exploração comercial com ótimo desempenho. Com esse avanço, a criação do camarão gigante da Malásia se espalhou por quase todo o mundo, tanto quanto o interesse em novas pesquisas sobre o animal. Além do Havaí, foram criados centros de pesquisas na Flórida (USA), no México, em Israel, Japão, Taiti, entre outros.

A criação do camarão Gigante da Malásia teve uma grande aceitação no Brasil. Por ser uma atividade muito lucrativa, e por encontrar um preço de mercado, principalmente no externo, muito bom as pesquisas e criações proliferaram muito, principalmente à partir dos anos 80.

As pesquisas sobre esse tipo de criação, no Brasil, foram e são muito intensas. Nossos pesquisadores obtiveram resultados extraordinários na criação desse crustáceo, com uma tecnologia, essencialmente, brasileira.

Como já dissemos, essa é uma atividade pecuária muito rentável, mas para isso, devemos observar todas as características necessárias para esse empreendimento. Instalações adequadas não são apenas uma garantia de que a produção será satisfatória, mas são diretamente responsáveis pela própria existência e sobrevivência dos camarões. A escolha dos animais para se iniciar a criação, deve ser feita com critério e com o acompanhamento de um técnico experiente. Para se iniciar uma criação, deve ser feita, primeiramente, uma consulta a um profissional da área, que avaliará a viabilidade e as necessidades para que esta seja instalada com todas as condições adequadas para que se obtenha os melhores resultados.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb