Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Ciclos produtivos

autor: Redação RuralNews
data: 07/06/2019

No Brasil e no resto do mundo os agricultores e pecuaristas decidem o que vão produzir, basicamente, pelas cotações e pelos preços dos produtos rurais: se o preço está bom, é o sinal verde para o produtor. Bom, nem sempre isso é uma boa idéia. Essa prática influencia, principalmente, os agricultores que decidem o que plantar para a próxima safra, mesmo que esta só vá acontecer em alguns anos.

A prática de decidir o que produzir, de acordo com os preços de mercado, faz com que aconteçam verdadeiras "ondas" de plantação ou criação. Este fato é o responsável pela mudança, muitas vezes rápida, do quadro que fez com que o agricultor iniciasse uma nova cultura. A lei da oferta e demanda é implacável. Quando o preço do produto está em alta, atrai novos produtores que, logo na primeira safra inundam o mercado com sua produção e acabam forçando o preço para baixo.

As "ondas" devem ser vistas com cautela e analisadas a curto, médio e longo prazos. Muitas vezes, um produtor que iniciou uma cultura qualquer, motivado pela alta dos preços, acaba nem mesmo conseguindo comercializar a sua produção, devido a enorme oferta que ocorre na safra seguinte, fazendo com que a produção seja totalmente perdida e causando prejuízos, muitas vezes fatais para a atividade do produtor.

Para que a decisão de se iniciar uma produção seja tomada com a devida cautela, é preciso levar em consideração, não só o quadro atual de um determinado produto, mas o panorama histórico (se o produto costuma ter valores aceitáveis de comercialização, mesmo em super-safras) e se existe alguma previsão de ampliação da demanda ou mesmo, se há possibilidade de comercialização no mercado externo.

O produtor rural deve sempre se prevenir, da melhor maneira possível, contra as grandes variações dos preços dos produtos. Muitas vezes, é possível não amargar prejuízos, apenas se preparando para uma eventual necessidade de armazenamento. Caso o preço de venda esteja muito baixo por ocasião da colheita, é possível que a safra seja armazenada e fique à espera de melhores cotações de mercado, evitando assim, que o produtor veja todo o seu trabalho e investimento desperdiçados.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb