Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Cooperativas e associações - diferenças e seu papel no crédito rural

autor: Redação Ruralnews
data: 18/04/2016

Muitas pessoas não sabem as diferenças essenciais que existem entre as associações e as cooperativas rurais. Em alguns casos, as cooperativas e as associações exercem papéis semelhantes, mas seus objetivos finais são bastante distintos. 

As associações rurais, tanto as agrícolas quanto as pecuárias, visam unir os criadores ou agricultores, aumentando a força e o poder de compra e comercialização dos produtos agropecuários. É uma união de empresários rurais, não importando o seu tamanho ou riqueza, de maneira simples e focada. Na maioria das vezes as associações visam apenas a compra de insumos, em condições comerciais mais vantajosas para os associados.

As cooperativas são entidades jurídicas mais complexas, empresas que não só podem realizar as mesmas tarefas e funções desempenhadas pelas associações, mas também exercem um importante papel social e econômico. São empresas cuja administração é coletiva, com princípios baseados na própria democracia. Por ser uma empresa, a cooperativa é fundamentada nas características do capitalismo, visando o lucro, geração de riqueza e crescimento.

Como atribuição de uma cooperativa, podemos citar o fomento da própria atividade rural, através do crédito ao produtor, que pode ser viabilizado com capital da própria entidade ou com crédito governamental, recebido e repassado aos cooperados, em condições atrativas e viáveis para os negócios do campo.

O Governo federal, através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibiliza diversas linhas de recursos direcionadas às cooperativas agropecuárias e de crédito agropecuário. Essas linhas de crédito são acessáveis diretamente com o BNDES ou através de outras instituições financeiras, credenciadas pelo Governo para o repasse das verbas às cooperativas e seus cooperados. Além do crédito disponibilizado pelo BNDES, o Banco do Brasil conta com uma linha de crédito destinada às cooperativa.

Todas estas linhas de crédito disponíveis são destinadas ao fomento da atividade agropecuária no Brasil, através do cooperativismo e que, em última análise, fomentam o aumento da produção, da produtividade no campo, vendas no mercado interno e as exportações. As exportações, por sua vez, são uma grande preocupação do Governo, que luta constantemente para que o Brasil aumente a sua participação no mercado mundial de produtos agropecuários.

Depois de conseguir o acesso às linhas de crédito, os produtores rurais utilizam estes recursos para capital de giro, custeio da produção, compra de insumos, maquinário agrícola e, ainda, investimentos necessários nos canais de distribuição e escoamento da produção.

As cooperativas, além de intermediarem a obtenção dos recursos mais baratos para a produção, podem exercer um papel semelhante ao das associações, comprando insumos com preços mais competitivos e cuidando do escoamento da produção de seus cooperados, de maneira mais eficiente.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb