Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

As causas dos abortos das coelhas

autor: Dr. Márcio Infante Vieira
data: 22/03/2016

O aborto é a expulsão dos fetos antes do seu desenvolvimento normal ou suficiente para que possam viver, ou seja, antes do seu estado de viabilidade.

Embora relativamente raro, as coelhas podem ter seus filhos antes do tempo normal, podem não arrancar os pêlos e o criador encontrar os láparos mortos, espalhados pelo chão da gaiola, pois anda não estava nos dias para a colocação dos ninhos.

Várias são as causas que podem provocar o aborto. Entre elas, podemos destacar:

- doenças diversas;

- calor excessivo;

- fêmeas acasaladas com machos com blenorragia;

- sustos devidos a barulhos súbitos e fortes, como gritos e tiros;

- presença de outros animais como cães, gatos, etc.;

- coelhas muito novas;

- acasalamentos com machos muito novos;

- intoxicações alimentares ou medicamentosas;

- prisão de ventre por defeito na alimentação, como o abuso de grãos ou
  farelos;

- má qualidade dos alimentos;

- gordura excessiva.

Quando uma coelha aborta e o criador não sabe a causa, ela deve ser isolada, colocada em local tranqüilo e receber uma alimentação sadia e nutritiva.

Coelhas que abortarem duas vezes seguidas, devem ser eliminadas da reprodução. Quando a causa do aborto não for infecciosa ou por doença, a coelha pode ser acasalada de 24 a 72 horas após o parto.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb