Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

O palmito

autor: Redação RuralNews
data: 13/09/2017

O palmito é extraído de palmáceas, sendo que as que mais utilizadas para esta finalidade, no Brasil, são a juçara e a açaí. Estas duas, são utilizadas na extração comercial e industrial. Apesar disso, estas e outras árvores são fontes de extração de palmito, ainda no processo de exploração extrativista, principalmente na região Norte do País, onde se encontra de forma natural o açaí e na região litorânea que vai desde o Estado do Rio Grande do Sul, até o Estado da Bahia, onde se encontra com facilidade o juçara.

A maior parte da produção brasileira é destinada à exportação, por se tratar de um produto "exótico" no mercado internacional, sendo o Brasil o maior produtor e exportador desse produto. Entretanto, a nossa produção poderia ser muito maior, se houvesse um desenvolvimento nas plantações racionais de palmiteiros.

Os palmiteiros levam aproximadamente oito anos para que possa ser extraído o palmito, devendo ocorrer, em seguida, o plantio de uma novo no local onde outra foi explorada. Isso deveria ocorrer, também, com aquelas exploradas na natureza, mas como isso não acontece regularmente, essas espécies de palmiteiros correm risco de extinção nas matas e florestas brasileiras.

Plantação comercial

Por ser uma planta tropical, o palmiteiro necessita de muita irrigação, chuvas e calor. Esta combinação de água e calor úmido faz com que a planta se desenvolva muito bem.

Sua propagação é feita através de sementes, retiradas de palmiteiros sadios e fortes. Uma medida importante que deve ser adotada para se extrair as sementes é nunca fazê-lo em árvores isoladas e sim extraí-las de palmiteiros que estejam próximos de outros da mesma espécie e que, também, sejam fortes e saudáveis. A semeadura deve ocorrer logo após a retirada das sementes. Caso necessário, as sementes poderão ser armazenadas por alguns meses, se estiverem devidamente acondicionadas em sacos plásticos, bem fechados e colocados em um refrigerador à uma temperatura que fique em torno dos 8 ºC

Depois de semeadas, quando as mudas alcançarem 20cm de altura, poderão ser transplantadas para o local definitivo, onde deverão ser plantadas com espaçamento de 2x2m. A colheita começa a ser realizada após o sexto ano

Para que a plantação "vingue", as mudas devem ser plantadas em local com sombra. Para isso, devem ser, previamente, plantadas bananeiras, com um espaçamento de 15x15m, no local do plantio definitivo das palmiteiras.
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb