Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Como dividir uma colmeia

autor: Redação RuralNews
data: 29/12/2017

Quando percebemos que uma colmeia está com uma superpopulação ou que está dando sinais de querer enxamear, devemos dividi-la em duas colmeias. Também, para a ampliação do apiário podemos proceder da mesma forma. 

Devemos agir da seguinte maneira: pegamos a colmeia a ser dividida e a levamos para 5m ou mais de distância do local em que se encontrava e, em seu lugar, colocamos uma colmeia nova, vazia, para receber as abelhas que estavam fora; retirar, da antiga, metade dos favos de mel e todos os de cria nova e de ovo e 1 ou 2 de cria madura para que nasçam, logo, novas abelhas nutrizes e os passamos para a colmeia nova e ainda colocamos tantos quadros de lâmina quantos forem necessários para completar os quadros da colmeia nova.

Na colmeia antiga, devemos colocar quadros de lâminas para substituir os que foram dela retirados. A rainha pode ficar em qualquer das duas colmeias, desde que sejam dadas condições para as abelhas da colmeia orfanada puxarem realeiras, ou seja, com quadros de cria nova ou, então, que nela introduzamos uma rainha virgem ou já fecundada.

Quando a colmeia nova ficar com poucas abelhas, devemos varrer, para dentro dela, as abelhas de 1 ou 2 quadros da colmeia antiga, para que fique mais forte.

Outro processo de divisão

Pegamos uma colmeia vazia e nela colocamos 2 quadros de cria operculada com suas abelhas aderentes e mais 2 de lâmina; juntamos uma rainha virgem ou já fecundada, uma realeira ou cria nova (para as abelhas puxarem realeiras); tampamos o alvado com capim e a colocamos em seu lugar definitivo. Em 2 a 3 dias as abelhas retiram o capim e começam a trabalhar.

Divisão por formação de núcleo

Só deve ser feita quando as obtidas ficarem fortes e populosas. A técnica empregada é a mesma do método anterior, mas as divisões de todos os quadros devem ser proporcionais, desde que a colmeia órfã fique com quadros de ovos ou de crias novas para que as abelhas possam puxar realeiras e que haja nutrizes suficientes para tratar e alimentar as larvas.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb