Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Alimentação artificial das abelhas

autor: Redação Ruralnews
data: 20/05/2019

 
Se o apicultor deixar uma quantidade de mel na colméia para as abelhas com ele se alimentarem, não é necessário lançar mão da alimentação artificial. Esta deve ser fornecida em época de escassez quando as abelhas, principalmente as africanizadas, ficam desesperadas e saem para buscar o alimento de que necessitam, mesmo que seja saqueando outras colméias, o que sempre redunda em um grande número de mortes de abelhas e um grande prejuízo para o apicultor.

Para que isso não ocorra devemos evitar que as colméias fiquem fracas. Para isso, podemos, por exemplo, unir as colméias fracas com uma colméia forte, reforçando-a com quadros de mel e de cria, quando necessário. O sinal de alarme, para darmos a alimentação artificial às abelhas é o fato de não mais encontrarmos mel operculado na colméia.

A alimentação artificial é dada em 4 casos:

- falta de alimentos;

- estímulo à postura;

- desenvolvimento da prole;

- combate ou prevenção de alguma doença.

No primeiro caso devemos dar à colméia um ou mais quadros de mel ou, então, xarope de mel ou de açúcar de cana e água em partes iguais, em peso, esquentando sem ferver, até dissolver bem. No caso das africanizadas, o melhor é dar em alimentos colocados dentro da colméia e não fora dela, para evitar saques ou pilhagens, pois elas têm uma grande tendência a atacar outras colméias para roubar alimento.

Há vários tipos de alimentadores, mas devemos empregar somente os de capacidade suficiente para que o xarope não termine antes de escurecer, para que as abelhas, ao retornarem à colméia, tenham a possibilidade de se alimentarem.

Como o mel misturado com água fermenta com facilidade, devemos colocar nos alimentadores uma quantidade de xarope suficiente somente para um dia. Quando necessário, podemos colocar um pouco de mel sobre os quadros, mas em quantidade que as abelhas possam recolher no mesmo dia, colocando-o nas celas para evitar que escorra para fora da colméia e provoque um saque.

Para cada um dos casos nos quais devemos fornecer a alimentação artificial às abelhas, existem alimentos que são preparados especificamente pois, dessa forma, serão mais eficientes a cada um desses propósitos. Esses alimentos devem ser preparados de acordo com as fórmulas mais indicadas e são bastante eficientes para o estímulo à postura, desenvolvimento da prole e no combate ou na prevenção de doenças, como já foi mencionado.
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb