Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

A escolha do implemento agrícola correto

autor: Redação RuralNews
data: 03/10/2017

O arado de aiveca, que surgiu na Escócia no século XVIII, é considerado, não só um importante marco para a agricultura mas também, para o processo evolutivo da humanidade. Com o passar do tempo, outros tipos de arados e máquinas surgiram e, no século XX, a mecanização da agricultura, com máquinas e implementos motorizados e cada vez mais modernos, fizeram com que as plantações se tornassem cada vez mais produtivas.

Atualmente, com a grande oferta de máquinas e implementos disponíveis no mercado mundial, escolher os mais adequados para cada tarefa é vital para o sucesso da atividade agrícola. Se utilizarmos os implementos corretos, por exemplo, poderemos reduzir os riscos e os problemas causados pela erosão e a compactação do solo.

De acordo com a topografia do terreno o tipo e as condições do solo, deveremos escolher os implementos mais apropriados, para que obtenhamos os melhores resultados com a lavoura. Para preparar o solo, são necessárias duas operações distintas que, normalmente, são feitas com implementos diferentes.

De início, a terra é trabalhada mais profundamente, quando se elimina ou se enterra as invasoras. Depois, deve-se passar para a fase de nivelamento do solo, quando são feitas, também, as devidas correções na composição (calagem e adubação). Muitas vezes, nesta fase, também, podem ser utilizados, quando necessário, alguns defensivos.

Para todo esse preparo do solo existem os mais diferentes tipos de máquinas, fabricantes e especificações. A utilização dos implementos certos com os tratores mais adequados para o serviço, poderão fazer toda a diferença na produtividade e na lucratividade do empreendimento agrícola.

Os implementos utilizados para a preparação do solo, de uma maneira geral, são classificados como arados, grades de discos, grades pesadas e grades niveladoras. As grades de discos, por exemplo, podem ter de 10 a 24 discos, em geral. Em alguns casos, como nas plantações de cana-de-açúcar, utiliza-se grandes grades pesadas no processo de aração. As grades niveladoras são implementos caros e vitais, dependendo do tipo de terreno a ser arado.

O processo de arar o solo para o plantio deve produzir faixas na terra, com uma determinada largura e profundidade. Deve revolver a camada superficial da terra a, por exemplo, 10 cm, mas deve evitar a compactação das camadas mais profundas. Isso pode ocorrer quando, após revolver a terra, o trator, devido ao seu peso, faça a compactação do solo, o que é muito prejudicial às raízes.

Para otimizar o processo de aração, deve ser deixada exposta a maior superfície possível das faixas trabalhadas, para que os agentes ambientais e fertilizantes possam atuar de maneira mais eficiente. Para que o agricultor possa escolher os implementos mais adequados à sua plantação, deve procurar o auxílio de técnicos agrícolas ou agrônomos, que poderão avaliar as condições e as necessidades do solo e do terreno, tendo em vista a cultura que será desenvolvida. Só assim, com as especificações básicas, o agricultor poderá procurar no mercado os implementos que apresentem a melhor relação custo/benefício para a sua lavoura. Uma escolha errada poderá por em risco toda a viabilidade econômica da plantação.
 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb