Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Carne e ovos de avestruz

autor: Redação RuralNews
data: 15/01/2020

O avestruz é a maior ave existente no mundo, atingindo mais de 2,5m de altura. Ela produz uma carne de ótima qualidade, com um mercado internacional garantido e a um preço superior ao da carne bovina, o que proporciona bons lucros aos criadores. Uma criação de avestruzes, no entanto, exige investimentos substanciais.

Os maiores plantéis dessas aves localizam-se na África do Sul, seguida pelos Estados Unidos. Sua criação no Brasil está se desenvolvendo muito bem, com um aumento importante do número de aves criadas, abatidas e do volume de carne produzido.

A reprodução dos avestruzes começa entre os 2 e 3 anos de idade e elas vivem cerca de 70 anos, resistindo a todos os climas, desde os mais frios, com neve, até os mais quentes, dos desertos.

Sua carne é vermelha e com baixos teores de gordura e de colesterol, mas é rica em proteínas, com cerca de 25% desse elemento. O consumo dessa carne vem aumentando, mas sendo inferior ao da carne bovina e de frango.

O avestruz é abatido com mais ou menos 12 meses de idade, atingindo de 30 a 40kg, com um rendimento de carne de 30% do seu peso vivo.

Os avestruzes botam de 40 a 100 ovos por ano, pesando, cada um, 1,5kg, ou seja, o equivalente a 20 ovos de galinha e possuindo o mesmo gosto que estes, sendo muito bom para o consumo humano. Durante a postura, a fêmea de avestruz bota 1 ovo a cada 48 horas.

São postos de 10 a 15 ovos em cada ninho, que é construído pelo macho. O macho ajuda a fêmea a chocar os ovos, sendo que a sua incubação é de 42 dias. Normalmente, são gerados, por ano e por fêmea, 30 filhotes.

A incubação pode ser natural, feita pelas aves, mas devendo ser evitada, porque elas interrompem a postura. Desta forma o melhor é realizar a incubação artificialmente, nas incubadoras, o que também permite um melhor controle. É necessário, também, a utilização de um ovoscópio, para examinar os ovos e controlar a sua incubação, a partir da segunda semana, para a retirada dos ovos claros.

Os ovos produzidos, da mesma forma que em uma granja de galinhas, podem ser utilizados para a produção de novas aves ou para a venda no mercado. Os ovos de avestruz, no Brasil, ainda não apresentam um grande comercio efetivo, apesar de possuírem um grande potencial para a sua comercialização. No entanto, no mercado internacional, este são produtos com um bom valor comercial. 

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb