Home  Quem Somos  Cadastre-se  Anuncie no Rural News  Fale Conosco 
Busca
 

 

 
Enquete
Qual a sua área de atuação profissional?
Agricultura
Pecuária
Agricultura e Pecuária
Outra área dentro do setor rural
Fora do setor agropecuário

 

 Indique este site

Regras práticas para a alimentação dos coelhos

autor: Dr. Márcio Infante Vieira
data: 22/01/2015

Na alimentação dos coelhos devem ser observadas algumas regras, destacando-se entre elas as seguintes:

- não há inconveniente em dar verde recém-cortado ou molhado, mas pode ser fornecido murcho, desde que não "esquente", isto é, não esteja fermentado, para evitar problemas intestinais e diarréias;

- administrar sal misturado na ração ou em blocos pendurados nas gaiolas;

- usar de preferência bebedouros automáticos;

- quando dos tipos "pote" ou "mamadeira", manter os bebedouros sempre cheios com água limpa e fresca, principalmente para fêmeas em gestação ou lactação;

- limpar os comedouros todos os dias, para evitar que neles permaneça ração estragada;

- todas as forragens e rações devem ser isentas de terra, impurezas e de ervas daninhas que possam prejudicar os animais;

- quando necessário, submeter os alimentos a determinados processos de preparação como, por exemplo, trituração e moagem, para que tenham maior aproveitamento;

- manter os coelhos sossegados, pois o repouso ajuda a engorda;

- não dar alimentos em excesso, para que não fiquem nos comedouros e se alterem;

- administrar as rações ou alimentação, de acordo com a produção;

- verificar se os alimentos estão produzindo os efeitos desejados, ou seja, um aumento proporcional de peso, boa produção de láparos, número e resultado das coberturas, quantidade da carne ou pelo;

- dar uma alimentação variada, pois isso representa um estimulante para o apetite e secreções digestivas;

- dar as rações com regularidade, porque é interessante para o funcionamento normal do aparelho digestivo e a saúde do animal;

- tomar determinados cuidados na troca da alimentação, evitando a passagem brusca de um regime para outro, devendo a troca de alimentos ser feita gradativamente, para os coelhos irem se acostumando com o novo regime alimentar;

- dar aos coelhos uma ração completa, nos seus elementos nutritivos;

- misturar alimentos caros com mais baratos, desde que boa qualidade, para que sejam obtidas, quando necessário, rações mais econômicas;

- a alimentação deve manter uma certa média de qualidade e quantidade, pois a irregularidade na distribuição das rações ou a grande variação em sua qualidade prejudicam, não só a saúde ou as condições físicas dos coelhos, mas também a sua produção;

- entre os melhores, verificar quais são os alimentos de que mais gostam os coelhos, para que lhes sejam fornecidos, pois assim comerão mais e também produzirão mais;

- utilizar recipientes ou utensílios adequados para depositar as diversas qualidades ou tipos de alimentos (ração balanceada, grãos, forragens verdes, etc.)

Embora muitos criadores se descuidem da alimentação, é nela que se encontra um dos principais fatores de sucesso ou fracasso da criação, sendo por isso necessária uma vigilância rigorosa na qualidade, quantidade e distribuição dos alimentos para os coelhos.

« voltar

Indique a Matéria
Seu Nome:
Seu Email:
Nome do Amigo:
Email do Amigo:
Comentários:

 

 

Publicidade
Info Rural News
Proibida a cópia e reprodução total ou parcial por qualquer meio ou processo, sem autorização expressa do Ruralnews.
Copyright 2005. © RuralNews - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Pontaweb